Morre maestro Severino Araújo

Ele comandou a Orquestra Tabajara por 67 anos

FÁBIO GRELLET / RIO , O Estado de S.Paulo

04 de agosto de 2012 | 03h05

O maestro Severino Araújo, de 95 anos, que por 67 anos comandou a Orquestra Tabajara, morreu ontem no Rio. Ele teve uma infecção urinária e consequente falência múltipla dos órgãos. Diabético, estava desde 20 de julho no Hospital Ipanema Plus. O enterro será hoje, ao meio-dia, no cemitério São João Batista, em Botafogo (zona sul).

Criada em 1933, a Tabajara é a mais antiga orquestra de baile do Brasil e segue em atividade. Severino a deixou em 2005, quando transferiu a função de maestro ao irmão Jaime, hoje com 87 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.