Morre mais um bebê em maternidade de Alagoas

Mais um bebê que estava internado na UTI Neonatal do Hospital Universitário de Alagoas morreu ontem. Ele estava infectado pela bactéria multirresistente Acinetobacter baumanniique, que já havia provocado a morte de cinco adultos e outros três recém-nascidos. O bebê nasceu após seis meses de gestação e pesava 1,4 quilo. Estava há um mês na UTI e apresentava má-formação hepática. Técnicos da Secretaria Municipal de Saúde e da Vigilância Sanitária Municipal foram ao hospital. A maternidade permanece fechada e a UTI Neonatal tem três bebês em isolamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.