Morre mais uma vítima de explosão em obra no Rio

Homem não resistiu a queimaduras, que chegaram a atingir 80% de seu corpo; já são duas mortes e há outras duas pessoas internadas

Estadão Conteúdo

02 Agosto 2014 | 18h13

Morreu neste sábado, 02, mais uma vítima da explosão ocorrida na sexta-feira, 01, em uma obra ao lado do Shopping Tijuca, na zona norte do Rio. Airton Soares da Costa, funcionário da construção, não resistiu às queimaduras, que chegaram a atingir 80% de seu corpo. Outras duas vítimas seguem internadas no Hospital Pedro II, em Santa Cruz. A primeira vítima morta, Emerson Carneiro, de 38 anos, morreu no local do acidente. Ele também era funcionário.

A segunda morte foi confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde, que não informou, no entanto, a idade da vítima. Fernando Alexandre Linhares segue internado no Hospital Souza Aguiar, no Centro. Ele teve 40% do corpo queimado, principalmente as pernas e o rosto. Seu estado é considerado grave. A quarta vítima ferida, Fabiano Veríssimo, teve queimaduras leves nas mãos e recebeu alta na noite de sexta-feira.

O acidente aconteceu por volta das 15h40, após uma pane no cilindro de oxigênio do equipamento de solda da construção. De acordo com testemunhas, alguns funcionários deixaram a obra ainda com os uniformes em chamas. O caso está sendo apurado pela 19ª Delegacia, na Tijuca.

Mais conteúdo sobre:
Explosão Rio Tijuca morte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.