Morre no Rio o radialista Haroldo de Andrade

Morreu às 16h20 de hoje o radialista Haroldo de Andrade, aos 73 anos. Ele estava internado desde o dia 19 de janeiro no Hospital Pró-Cardíaco, na zona sul do Rio, e foi vítima de falência múltipla de órgãos. Após décadas como apresentador matinal da Rádio Globo, Andrade inaugurou uma rádio própria, a Haroldo de Andrade 1060 AM, em novembro de 2005. De acordo com o site da rádio, que noticiou a morte, o público dele era formado principalmente por donas de casa, taxistas e operários. Andrade teve oito filhos. Ele sofria de diabetes, insuficiência renal e hipertensão. O enterro está marcado para a manhã de amanhã, no Cemitério São Francisco de Assis, no Caju, zona norte do Rio.

AE, Agencia Estado

01 de março de 2008 | 20h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.