Morre o cineasta Ronald Neame

O diretor, produtor, roteirista e diretor de fotografia britânico Ronald Neame (foto) morreu na quarta-feira, aos 99 anos, em Los Angeles. Ele havia quebrado a perna em maio, após uma queda. Neame foi indicado ao Oscar por três vezes, duas delas como corroteirista de David Lean nos clássicos Desencanto (1945) e Grandes Esperanças (1946). Antes de dirigir sucessos como O Destino de Poseidon (1972), trabalhou em obras como Chantagem e Confissão (1929), de Alfred Hitchcock, o primeiro filme sonoro da Grã-Bretanha.

AFP, O Estado de S.Paulo

20 de junho de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.