Morre o diretor do Projeto Apollo, que levou o homem à Lua

Rocco Petrone, que foi diretor do Programa Apollo da Nasa, que levou os astronautas à Lua, morreu aos 80 anos, em 24 de agosto, informa sua mulher, Ruth. Em 1966, Petrone havia sido nomeado diretor de operações de lançamento do Centro Espacial Kennedy, e supervisionou os primeiros lançamentos das naves Apollo. Em 1969, o ano do histórico primeiro desembarque na Lua, ele foi designado diretor de todo o programa.Em 1967, ele estava observando as telas dos monitores do centro espacial quando um incêndio no módulo de comando da nave Apollo 1 matou os astronautas Gus Grissom, Ed White e Roger Chaffee, durante um teste. Numa entrevista concedida 20 anos depois, Petrone relembrou a sensação de impotência: "Vi alguma coisa acontecendo, vi balançar, vi a explosão dentro da nave. Nada que se pudesse fazer. Não dava para chegar até eles. Era impotência pura e simples. A coisa explodiu em 19 segundos".Nascido em Amsterdam, NY, Petrone se formou numa academia militar em 1946 e, depois de prestar serviço militar na Alemanha, trabalhou em diversos programas de mísseis militares. Ele se transferiu do Exército para a Nasa em 1960, onde assumiu o planejamento, desenvolvimento e ativação de todas as instalações usadas pelos foguetes Saturno, que transportavam as naves Apollo. Ele se aposentou da Nasa em 1975.

Agencia Estado,

01 de setembro de 2006 | 15h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.