Morre segunda vítima de gripe suína na Paraíba

A segunda vítima fatal da gripe causada pelo vírus A (H1N1) na Paraíba foi confirmada pela Secretaria de Saúde do Estado. Segundo a Secretaria de Saúde, Eduardo Barros Santos Coelho, professor de inglês de 35 anos, que morava na cidade de Cabedelo, na região metropolitana de João Pessoa, morreu por volta das 22h da noite de sábado, em um hospital particular da Unimed na capital, onde estava internado desde o último dia 2. Além da infecção pelo vírus A (H1N1), o professor estava com suspeita de pneumonia, o que pode ter sido um fator de agravamento da doença, de acordo com a Secretaria de Saúde.

ADELSON BARBOSA DOS SANTOS, Agencia Estado

09 Agosto 2009 | 17h03

Desde o surgimento da nova gripe, a Secretaria de Saúde do Estado notificou 45 casos suspeitos da gripe A na Paraíba. Dez casos foram confirmados, com duas mortes. Outros 21 casos foram descartados e 14 estão sendo investigados.

Trata-se da quarta morte causada pelo vírus da Influenza A (H1N1) na região Nordeste. A primeira vítima foi o estudante de enfermagem Severino Galdino Pessoa, que morreu na madrugada de 28 de julho, no Hospital Universitário de João Pessoa. As outras duas mortes no Nordeste foram registradas na semana passada em Pernambuco e na Bahia.

Mais conteúdo sobre:
gripe suínaBrasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.