Morrem 3 militares ucranianos e 17 ficam feridos em 24 horas, diz Exército

Três militares ucranianos foram mortos e outros 17 ficaram feridos em ataques separatistas no leste da Ucrânia, em uma investida que viola o acordo de cessar-fogo, informou neste domingo um porta-voz do Exército ucraniano.

REUTERS

17 Maio 2015 | 09h45

Duas das mortes foram resultantes de um ataque de morteiro perto da cidade de Svitlodarsk, no nordeste da cidade controlada por separatistas de Donetsk, disse o porta-voz Andriy Lysenko.

O presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, afirmou na quarta-feira passada que 83 soldados ucranianos foram mortos em ataques de rebeldes desde que o cessar-fogo foi acertado e entrou em vigor em fevereiro.

(Reportagem de Natalia Zinets)

Mais conteúdo sobre:
UCRANIA MORTES MILITARES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.