Morte por KPC fecha UTIs de dois hospitais em MT

As Unidades de Terapia Intensiva (UTI) de dois hospitais em Mato Grosso foram interditadas temporariamente após a confirmação da morte de uma paciente que estava infectada com a superbactéria Klebsiella Pneumoniae Carbapenemase (KPC).

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

14 de janeiro de 2011 | 10h41

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, as UTIs adulta do Hospital Universitário Julio Muller, em Cuiabá, e do Hospital Regional de Sorriso, no interior do Estado, ficarão fechadas por dois ou três dias, por precaução, após a passagem de uma paciente, de 21 anos, que estava com a superbactéria. A paciente deu entrada na semana passada no Hospital de Sorriso e depois foi transferida para o hospital de Cuiabá, onde morreu na madrugada de ontem.

De acordo com a secretaria, durante o período de interdição serão realizadas a desinfecção e a coleta de materiais dos pacientes para detectar se há algum outro caso de infecção pela KPC.

Tudo o que sabemos sobre:
KPCUTIinterdiçãoMT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.