Mortes de pedestres diminuem em São Paulo, diz CET

Pesquisa revelou que o número de autuações por desrespeito ao pedestre chegou a 225.646 entre 8 de agosto de 2011 até 1º de junho de 2012

GHEISA LESSA, Agência Estado

15 de junho de 2012 | 12h46

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) divulgou nesta sexta-feira,15, que as mortes de pedestres no trânsito na capital paulista caíram 43,6% no período de maio de 2011 até 31 de março deste ano, na comparação com maio de 2010 a 31 de março de 2011. O dado é resultado de análises da companhia sobre acidentes no centro de São Paulo pelo cruzamento de dados de mortes, com base nas anotações registradas pelo Instituto Médico Legal (IML), e boletins de ocorrência de acidentes de trânsito cadastrados pela Polícia Civil.

Em relação a toda a cidade de São Paulo, os dados apontam uma queda de 10,3% na quantidade de mortes por atropelamentos. A pesquisa revelou também que o número de autuações por desrespeito ao pedestre chegou a 225.646 entre 8 de agosto de 2011 até 1º de junho de 2012. Dessas multas, 117.164 foram registradas neste ano, afirmou a companhia. 

Desde o segundo semestre de 2010 até o início de junho de 2012, foram pintadas ou revitalizadas 20.266 faixas de travessia em São Paulo. Também estão sendo ampliadas as faixas de travessia iluminadas para melhorar a visibilidade dos pedestres à noite. Hoje, diz a CET, São Paulo conta com mais de 3,5 mil faixas e, neste ano, serão iluminadas mais 350.

Tudo o que sabemos sobre:
MortespedestreSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.