Mortes de soldados no Iraque atinge baixa recorde

Em maio, 20 militares americanos foram mortos; baixas civis também caíram.

Da BBC Brasil, BBC

01 de junho de 2008 | 09h51

As mortes de militares americanos no Iraque caíram para o nível mensal mais baixo em quatro anos, com 20 soldados mortos em maio.Os números de mortes de civis iraquianos variam de acordo com a fonte, mas também caíram.A maioria das fontes diz que cerca de 530 civis morreram em maio, metade dos níveis vistos em março e abril.Segundo o correspondente da BBC em Bagdá, Jim Muir, uma das razões para a queda no número de mortes de militares americanos foi o cessar-fogo declarado no começo do mês, que reduziu os confrontos no distrito de Sadr City.Tropas iraquianas e americanas vinham lutando contra a milícia xiita Exército Mehdi, leal ao clérigo Moqtada al-Sadr.TendênciasMas o correspondente da BBC acrescenta que a tendência desde o ano passado é de redução da violência.Ele diz que o contingente extra enviado pelos Estados Unidos foi claramente um dos fatores determinantes, assim como o fato de que a comunidade sunita começou a se voltar contra a al-Qaeda e outros grupos extremistas.Enquanto isso, a Austrália começou a retirar seus cerca de 500 soldados do Iraque. A retirada foi prometida pelo primeiro-ministro Kevin Rudd, quando ele foi eleito em novembro.As tropas australianas estavam principalmente dando assistência a soldados iraquianos.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
mortesmilitareseua

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.