Mortes em acidente de barco em Bangladesh chegam a 75

Equipes de resgate encontraram mais 19 corpos de um barco superlotado que afundou ao sul de Bangladesh, elevando a contagem de mortos a 75, mas muitos ainda estão desaparecidos, afirmou uma autoridade nesta segunda-feira.

REUTERS

30 de novembro de 2009 | 11h31

O navio de três andares, o M.V. Coco-4, virou de cabeça para baixo em um rio no distrito costeiro de Bhola na noite de sexta-feira, com cerca de 1.500 pessoas a bordo, quase três vezes mais do que sua capacidade registrada.

Acredita-se que a maioria dos passageiros sobreviveu, no que é considerado o pior acidente do tipo em dois anos.

"Até o momento nós recuperamos 75 corpos, mas dezenas de pessoas ainda estão desaparecidas", afirmou um representante dos bombeiros.

Sobreviventes afirmaram que o barco começou a afundar depois de atingir uma seção elevada do rio e começou a pender para um lado enquanto passageiros em pânico se amontoavam para escapar.

Acidentes de barcos matam milhares de pessoas em Bangladesh todos os anos, principalmente devido ao excesso de passageiros e más condições de navegação.

(Reportagem de Anis Ahmed)

Tudo o que sabemos sobre:
BANGLADESHACIDENTEMORTES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.