Mortes nas estradas paulistas caem 25% no feriado

O feriado prolongado de Páscoa deste ano, entre os dias 20 e 23 de março, foi menos violento nas estradas paulistas em relação ao ano passado, segundo dados da Polícia Rodoviária Estadual. No período, foram registrados 933 acidentes, nos quais 525 pessoas ficaram feridas e 27 morreram, o equivalente a queda de 25% no número de vítimas fatais.Segundo a Polícia Rodoviária, a principal causa dos acidentes registrados na Páscoa deste ano é mesma dos últimos anos: a imprudência dos motoristas, que fazem ultrapassagens de risco ou trafegam numa velocidade acima do que é permitido.No feriado de Páscoa de 2006 (de 13 a 16 de abril) e no de 2007 (de 05 a 08 de abril), foi registrado o mesmo número de mortes nos cerca de 24 mil quilômetros da malha viária paulista: 36. A diferença ocorreu na quantidade de acidentes e de feridos. Foram 1.020 acidentes com 568 feridos em 2007, ante 928 acidentes em 2006, nos quais 552 pessoas se feriram.

RICARDO VALOTA, Agencia Estado

24 de março de 2008 | 07h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.