Mortos hoje são suspeitos de assalto a transportadora

A Polícia Militar suspeita de que os dois homens mortos em perseguição policial na tarde de hoje tenham participado do assalto de ontem a uma transportadora de valores, na Vila Jaguara, zona oeste na capital. De acordo com o capitão Émerson Massera, o Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) já investiga a ligação dos homens mortos com o furto milionário que ainda não teve nenhum responsável preso.

MAÍRA TEIXEIRA, Agencia Estado

07 Dezembro 2009 | 19h39

Os bandidos cavaram um túnel de aproximadamente 100 metros para furtar a empresa. O valor exato do furto ainda não foi calculado, mas a polícia estima que os criminosos possam ter levado cerca de R$ 10 milhões do cofre da Transnacional Transporte de Valores e Segurança Patrimonial Ltda.

Os dois homens morreram baleados em meio a uma perseguição na Avenida do Estado, esquina com a Rua dos Municípios, na Vila Califórnia, zona leste. Segundo a Polícia Militar, uma viatura patrulhava o bairro por volta das 16 horas, quando fez sinal para um veículo parar.

Os dois homens que estavam no carro atiraram contra a viatura e tentaram fugir, mas foram atingidos pelos policiais, levados ao pronto-socorro da Vila Alpina, onde morreram. De acordo com a PM, o carro havia sido roubado no dia 20 de novembro, na Vila Maria, zona norte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.