Mortos sobem para 32 em ataque contra Estado Islâmico na Síria, diz grupo

Ao menos 32 membros do Estado Islâmico, incluindo quatro de seus líderes, foram mortos em ataques aéreos e uma ação de forças especiais dos EUA que tiveram como alvo o grupo no leste da Síria, disse neste domingo um grupo de monitoramento da guerra na Síria.

REUTERS

17 Maio 2015 | 10h48

Autoridades norte-americanas afirmaram que a operação matou um líder do Estado Islâmico identificado como um tunisiano que ajudou a administrar a venda no mercado negro de gás e petróleo para levantar fundos para o grupo.

Segundo um oficial dos EUA, cerca de doze combatentes foram mortos no ataque.

O Observatório Sírio para Direitos Humanos, grupo com sede na Grã-Bretanha, reúne suas informações de fontes que estão na região.

(Texto de Tom Perry)

Mais conteúdo sobre:
SIRIA ESTADOISLAMICO MORTES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.