Morumbi tem noite de violência, com tiroteios e morte

Uma tentativa de assalto e um roubo, entre as 20h30 de ontem e 0h30 de hoje, na região do Morumbi, zona sul da capital paulista, ambos seguidos de perseguição policial, deixaram um saldo de um bandido morto, dois adolescentes baleados e um terceiro preso. Um quinto assaltante conseguiu escapar.

PEDRO DA ROCHA E RICARDO VALOTA, Agência Estado

30 Março 2012 | 05h54

Eram 20h30 quando duas mulheres - patroa e empregada -, em um Hyundai i30, foram abordadas por três criminosos próximo ao Shopping Morumbi Sul. A proprietária do veículo, preocupada com a falta de segurança na região onde mora, resolveu dar uma carona para a empregada após o término do expediente da funcionária.

Após tomarem os pertences das duas mulheres, os criminosos fugiram, mas o veículo foi localizado por policiais da 5ª Companhia do 37º Batalhão na Estrada do Campo Limpo. Cientes do roubo e pensando que havia dentro do veículo pelo menos uma vítima, os policiais apenas acompanharam o Hyundai.

Ao acelerarem para não serem alcançados pelos policiais, os três bandidos acabaram batendo o veículo contra outros seis, todos estacionados, na Rua Nossa Senhora do Bom Conselho, onde o veículo enfim foi parado. Dois adolescentes, de 16 e 17 anos, armados com dois revólveres, atiraram contra os policiais e foram baleados no revide. Ambos permaneciam internados no Hospital do Campo Limpo até as 4h30. Um terceiro bandido escapou a pé.

Quatro horas depois, próximo à unidade Morumbi do Hospital São Luiz, o motorista de um Fiat Punto foi baleado no braço por dois assaltantes, que fugiram sem levar nada. A vítima conseguiu dirigir até o hospital, onde permanecia internada. Ao receberem a descrição física da dupla, policiais militares encontraram um dos suspeitos parado próximo a um Santana vermelho, na Avenida Engenheiro Oscar Americano.

O suspeito, ao perceber que seria abordado, correu para dentro do carro, sentou no banco do passageiro e fugiu com o auxílio do comparsa, um adolescente de 17 anos, que estava ao volante. A perseguição terminou na esquina da Rua Paulo Avancini com a Avenida Magalhães de Castro (via local da Marginal do Pinheiros), após a Ponte Cidade Jardim, no sentido Interlagos.

Neste local, o adolescente perdeu o controle do Santana e atingiu a guia. O carro rodopiou, forçando o criminoso que estava ao lado do menor descer do carro, porém atirando contra os policiais, que revidaram e feriram o rapaz com três tiros. O criminoso, que enfrentou a PM com uma pistola calibre 380, morreu quando era atendido no pronto-socorro do Hospital do Campo Limpo. O adolescente se entregou.

Ambas as perseguições foram registradas no 89º Distrito Policial, do Portal do Morumbi.

Mais conteúdo sobre:
violêncianoiteMorumbi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.