Motorista abandona alunos em acostamento

Dois estudantes de 8 e 9 anos são deixados em rodovia perto de São José do Rio Preto por estarem brincando no ônibus

Chico Siqueira, O Estado de S.Paulo

16 de abril de 2011 | 00h00

Dois alunos, de 8 e 9 anos, do 3.º ano do ensino fundamental, foram abandonados anteontem pelo motorista de um ônibus escolar no acostamento da rodovia Transbrasiliana (BR-153), uma das mais movimentadas do interior de São Paulo. Eles estavam brincando, simulando uma briga, e contando piadas.

Irritado com os garotos, o motorista do veículo escolar da prefeitura de São José do Rio Preto, a 438 km de São Paulo, parou o ônibus e mandou os alunos descerem. Os meninos I. L. S., de 8 anos, e G. D. R., de 9, deveriam ter sido deixados no portão de suas residências, em um condomínio de chácaras numa estrada vicinal que liga à rodovia.

G. teve de caminhar três quilômetros para chegar em casa, onde sua avó, Rita Gonçalves Ribeiro, o esperava. "Meu neto é hiperativo e na idade dele uma criança não tem noção do perigo. O motorista deveria ter vindo aqui e nos avisado sobre o que aconteceu", disse Rita. O garoto fez o trajeto com uma mochila de aproximadamente dez quilos nas costas.

O pai de I., Alexandre Francisco da Silva, abriu um boletim de ocorrência depois que o filho contou que foi abandonado pelo ônibus e teve de caminhar um quilômetro, parte dele no acostamento da rodovia, até chegar em casa. "Ele poderia ter sofrido um acidente ao caminhar na beira daquela estrada", afirmou.

Ontem, a prefeitura suspendeu o motorista, que trabalha para uma empresa terceirizada. Ele deverá ser ouvido na segunda-feira em sindicância aberta para investigar o caso.

Antecedente. Em dezembro do ano passado, um aluno de 10 anos de uma escola municipal de Boituva, a 115 quilômetros de São Paulo, também foi deixado em uma rodovia pelo motorista do ônibus escolar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.