Motorista alcoolizado mata grávida a caminho do hospital

Uma grávida de 27 anos, que estava a caminho do hospital para dar à luz, morreu em um acidente de carro na manhã deste sábado, em Cerro Largo, no noroeste gaúcho. A mulher, Leocardi Martins Ferraz, estava em um Gol com outros quatro familiares em direção à cidade de São Luiz Gonzaga, onde teria a criança, quando o veículo colidiu de frente com outro, no bairro São Fernando. O bebê não resistiu.

LUCAS AZEVEDO, Agência Estado

21 Abril 2012 | 13h57

No acidente, o cunhado de Leocardi, Mário Theobald, 52, também morreu. A irmã de Leocardi, Jane Beatriz Hoffmann Martins, 44 anos, e a filha do casal, de dez anos, estão internadas com ferimentos no hospital da cidade vizinha, Santo Ângelo. Jones Alves, 25, que também estava no veículo, quebrou um braço.

O motorista do outro veículo, da Kia, identificado como Ivo Bohnenberger, 50 anos, sofreu ferimentos leves. Ele teria perdido o controle do veículo e colidido com o Gol. Examinado, foi constatado que ele possuía 0,89 miligramas de álcool por litro de ar expelido, índice três vezes acima do permitido. Depois de liberado do hospital, ele será encaminhado ao Presídio Estadual de Cerro Largo.

Mais conteúdo sobre:
acidenterodoviacolisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.