Motorista denuncia posto por gasolina adulterada em SP

Um motorista inconformado denunciou no fim da manhã de hoje um posto de gasolina na Vila Jacuí, zona leste de São Paulo, que venderia combustível adulterado. O carro de Washington Almeida de Souza, de 31 anos, parou cerca de 100 metros após ser abastecido com aproximadamente 20 litros de gasolina no estabelecimento, na Avenida Jacu Pêssego. Segundo a Polícia Militar (PM), o motorista retornou ao posto para cobrar explicações e acionou a polícia. O gerente do posto foi detido e levado ao 53º Distrito Policial, do Parque do Carmo. Foi solicitada perícia para verificar a qualidade do combustível vendido. O tenente da PM Aladio Palmieri contou que os donos de outro cinco carros também voltaram ao posto para reclamar, mas foram embora depois que o combustível foi retirado do tanque.

ELVIS PEREIRA, Agencia Estado

13 de julho de 2008 | 14h15

Tudo o que sabemos sobre:
gasolinaadulteraçãodenúncia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.