Motorista embriagado causa morte de 5 operários em SP

Um motorista embriagado pode ter causado um acidente que matou cinco trabalhadores braçais nesta quinta-feira em um acidente na rodovia Geraldo Pereira de Barros (SP-191), entre os municípios de São Manuel e Santa Maria da Serra, no interior de São Paulo. Os operários ocupavam uma perua Kombi, que os levaria para trabalhar na Companhia Açucareira São Manoel (próxima a Bauru), mas no quilômetro 176 da rodovia, o VW Voyage, dirigido por Renato Anselmo, de 33 anos, que seguia no sentido São Manuel - Santa Maria da Serra, bateu na traseira da Kombi. A perua, tombou e ficou atravessada na pista, sendo atingida na lateral por uma van, que seguia em sentido contrário.

CHICO SIQUEIRA, Agência Estado

01 Março 2012 | 18h01

Com o impacto, quatro trabalhadores --- Odilon dos Santos, José da Costa, Jeferson de Oliveira e Reginaldo Mendes -- morreram no local e outro, Francisco Dionísio da Silva, morreu após ser socorrido ao Hospital das Clínicas, de Botucatu. O motorista da Kombi, Rodrigo Cesar Carnietto, e outro passageiro, Nilson José Destro, que estava ao lado do motorista, tiveram ferimentos leves. A motorista da van, Ângela Maria da Silva Guimarães, continuava internada em estado grave no final da tarde desta quinta-feira.

O motorista do Voyage fugiu do local após o acidente sem prestar socorro, mas acabou sendo localizado e preso em outra rodovia. Segundo a polícia, ele estava embriagado e por isso iria responder por homicídio doloso.

Mais conteúdo sobre:
acidenteoperáriosSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.