Motorista enfrenta lentidão na Castello e na Anchieta

Duas estradas de São Paulo reuniam pontos de lentidão na manhã de hoje, feriado prolongado de Corpus Christi. A rodovia Castello Branco estava congestionada em Barueri, em ambos os sentidos, em razão de um acidente ocorrido às 6h20 no km 22,5. Uma das três faixas da pista expressa, no sentido capital, permanecia interditada às 9h30. Na Anchieta, a causa do fila entre os km 60 e 64, na chegada ao Porto de Santos, era o excesso de veículos.

ELVIS PEREIRA, Agencia Estado

12 de junho de 2009 | 10h25

O movimento era normal nas demais rodovias que ligam a capital ao litoral e ao interior do Estado. O acidente mais grave registrado entre a madrugada e a manhã de hoje ocorreu no km 22,5 da Castello. Um motorista morreu após a carreta que ele guiava bater contra a traseira de um caminhão-baú. O choque destruiu a cabine do veículo.

Esse acidente foi o 27º registrado pela ViaOeste na Castello e na Rodovia Raposo Tavares, utilizadas no acesso ao Oeste do Estado, neste feriado. Além disso, trata-se do primeiro no período que resultou em uma morte. Nos demais, sete pessoas se feriram levemente. Nas vias Anhanguera e Bandeirantes, que levam à região de Campinas, o balanço parcial indica 42 acidentes, com 21 feridos.

Nessas quatro rodovias que levam ao interior paulista, o tráfego registrado até o momento está dentro do esperado pelas concessionários. Pelo Sistema Anchieta-Imigrantes, até esta manhã, 106 mil veículos haviam trafegado rumo à Baixada Santista, abaixo do volume previsto. O sistema opera no esquema 5 por 5, no qual as pistas sul das duas vias dão acesso ao litoral e as norte de ambas, à capital.

Mais conteúdo sobre:
estradasSPCasteloAnchieta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.