Motoristas de lotação entram em choque com PM no Rio

Motoristas de lotação enfrentaram policiais militares em frente ao Palácio Guanabara, sede do governo fluminense, hoje pela manhã. Eles protestavam contra licitação para o transporte alternativo na Região dos Lagos e Costa Verde. Policiais lançaram spray de pimenta e bombas de gás lacrimogêneo quando os manifestantes tentavam fechar o trânsito. Os manifestantes revidaram com paus, pedras e até batatas com prego. Sessenta e seis motoristas venceram a licitação que regulamenta o transporte naquela região.

CLARISSA THOMÉ, Agencia Estado

23 de junho de 2009 | 20h28

As cooperativas acusaram o governo de ter reduzido a um terço o número de vans que circulam na região. Os motoristas que não conseguiram regularizar sua situação começaram a chegar ao bairro de Laranjeiras, na zona sul, às 2h30. O confronto apavorou moradores dos prédios vizinhos e causou forte congestionamento. Pelo menos duas pessoas ficaram feridas. À tarde, a cerimônia de assinatura de contrato começou com atraso e os 66 motoristas aprovados tiveram de sair pelos fundos do Palácio e escoltados.

Mais conteúdo sobre:
protestoPJmotoristasPM

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.