Motoristas de ônibus do ABC mantêm greve em SP

Os motoristas de ônibus do ABC paulista decidiram manter a greve da frota que serve os municípios de Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. Nova assembleia acontece amanhã, às 9 horas. O transporte municipal e intermunicipal é afetado.

CAROLINA SPILLARI, Agência Estado

02 Junho 2011 | 18h05

Liminar obtida pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) obriga a manutenção do serviço de 80% dos ônibus no horário de pico, com 60% da frota operando. A multa pelo descumprimento da decisão é de R$ 200 mil, mas o Sindicato dos Motoristas disse não ter recebido nenhum documento.

De acordo com a EMTU, pouco antes das 18 horas, 11 empresas estavam paradas, outras seis operavam parcialmente e 2 trabalhavam normalmente. Os motoristas pedem 15% de reajuste salarial, enquanto as empresas oferecem 8% de aumento. A greve atinge parte de 130 linhas, em 850 ônibus, que atendem 550 mil pessoas.

Mais conteúdo sobre:
greve transporte ônibus EMTU SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.