Motoristas de vans protestam nas ruas do Rio de Janeiro

Perto de 3,5 mil motoristas de transporte alternativo da cidade do Rio de Janeiro, que inclui vans e peruas, fazem um protesto na manhã desta quarta-feira por mudanças na licitação que regula a atividade. Em greve desde a meia-noite, os motoristas ocupam as vias no entorno do Estádio do Maracanã, na zona norte da capital fluminense e planejam partir em carreata até o Aterro do Flamengo, na zona sul.

AE, Agência Estado

15 de agosto de 2012 | 08h42

De acordo com o Centro de Operações Rio (COR), por volta das 8 horas os veículos ocupavam as avenidas Maracanã, Radial Leste e a Rua Eurico Rabelo. A ocupação da Maracanã varia entre duas e três faixas. Há retenção por aproximação no sentido Tijuca. Mas como as vans estão no contrafluxo, o tráfego flui.

Os motoristas pedem uma nova licitação, com contrato de dez anos, direito ao Bilhete Único Carioca e possibilidade de compartilhar pontos de ônibus e corredores com os ônibus. O ato é organizado pelo Movimento em Defesa do Transporte Alternativo do Município do Rio de Janeiro (MTDA).

Mais conteúdo sobre:
grevemotoristasvansRJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.