Movimento continua intenso nas rodovias de São Paulo

Os motoristas que pretendem viajar hoje devem esperar a parte da tarde para começar a viagem, segundo recomendação da polícia rodoviária. O movimento nas principais rodovias de São Paulo, principalmente às que seguem em direção ao litoral, ainda apresentavam grande movimento por volta das 10 horas. O tráfego era intenso no trecho de serra e na altura dos kms 18 e 28 da rodovia dos Tamoios. Os motoristas também paravam na altura da Riviera de São Lourenço, na Rio-Santos. A Mogi-Bertioga tinha lentidão na altura do km 63, devido ao término da terceira pista.Quem utilizou a rodovia Presidente Dutra, no sentido Rio de Janeiro, encontrou vários pontos de congestionamentos. No km 227, no acesso à rodovia Fernão Dias, eram quatro quilômetros de lentidão. No interior paulista, o reflexo de dois acidentes complicaram o trânsito na região. Em Guararema e em Caçapava, eram seis quilômetros de morosidade em cada trecho. Em São José, o excesso de veículos deixou nove quilômetros de trânsito parado.O fluxo de veículos no sistema Anchieta-Imigrantes também continuava intenso, com o congestionamento chegando até a avenida dos Bandeirantes.Já as rodovias que ligam a capital paulista ao interior tinham um fluxo de veículos um pouco melhor. A Rodovia Castello Branco apresentava 11 kms de lentidão entre os kms 16 e 27. A pista com pedágio também tinha pontos de morosidade. A rodovia Raposo Tavares tem tráfego intenso, mas sem lentidão.No sistema Anhangüera-Bandeirantes, a melhor opção era utilizar a rodovia Anhangüera, que estava com tráfego normal. Já a Bandeirantes estava congestionada entre os kms 30 e 39, na região de Cajamar, devido ao pedágio.Segundo a polícia rodoviária federal, as rodovias Fernão Dias e Régis Bittencourt também apresentavam congestionamentos. Na Fernão, a lentidão seguia até Atibaia e na Régis eram mais de 20 quilômetros de trânsito lento, entre os kms 336 e 316, devido ao afunilamento da pista.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

07 de setembro de 2007 | 10h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.