Movimento é intenso nas principais rodovias paulistas

Rodovia Presidente Dutra havia lentidão de 15 quilômetros, entre Guarulhos e SP, nos dois sentidos

Fabiana Marchezi, estadao.com.br

30 de abril de 2008 | 18h54

O movimento era intenso nas principais rodovias paulistas por volta das 18h30 desta quarta-feira, 30, véspera do feriado prolongado do Dia do Trabalho, conforme informações das concessionárias e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Estadual. De acordo com a PRF, nos dois sentidos da Rodovia Presidente Dutra havia congestionamento em cerca de 15 quilômetros entre São Paulo e Guarulhos, na chegada e na saída da capital paulista, entre os quilômetros 216 e 231.    Veja também: Acompanhe a situação do trânsito rua-a-rua    Ao vivo: Castelo Branco-Raposo Tavares Ao vivo: sistema Anhangüera-Bandeirantes Ao vivo: Rodovia Presidente Dutra  Ao vivo: estradas que dão acesso ao litoral Veja o que abre e o que fecha no feriado No feriado, 1,8 milhão de veículos devem usar estradas de SP Defesa Civil alerta para risco de tempestade nesta quarta-feira Na saída para o feriado, congestionamento em SP é de 195 km Na Rodovia dos Bandeirantes, sentido São Paulo, havia morosidade entre os quilômetros 13 e 15, na chegada à capital paulista. Já na Anhangüera, também no sentido São Paulo, o trânsito estava lento entre os quilômetros 11 e 12, também na entrada da cidade, segundo a Autoban, empresa que administra o Sistema Anhangüera-Bandeirantes. Segundo a Ecovias, empresa que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes, que liga a capital paulista ao litoral sul do Estado, entre 17 e 18 horas desta quarta-feira, 3.163 carros desceram a serra em direção à Baixada Santista. Desde a meia-noite, quando a contagem para o feriado foi iniciada, 32.180 veículos seguiram rumo ao litoral. Nas outras estradas que cortam o município de São Paulo, o tráfego era intenso mas não havia lentidão significativa.

Tudo o que sabemos sobre:
trânsitocongestionamentoestradas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.