Movimento é tranqüilo nos principais aeroportos do Brasil

Por causa da baixa visibilidade, o Aeroporto de Congonhas funciona por aparelhos

Fabiana Marchezi, estadao.com.br

21 de abril de 2008 | 11h40

O movimento é tranqüilo nos principais aeroportos do País na manhã desta segunda-feira, 21, volta do feriado prolongado de Tiradentes. Porém, o número de cancelamentos superava o índice de atrasos. De acordo com o último boletim da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), 69 vôos foram cancelados (9,3%) e 36 sofreram atrasos superiores a 45 minutos (4,9%) até as 11 horas, de um total de 741 operações programadas em todo o País.O Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, que opera por instrumentos, contabilizou 19 vôos cancelados (22,4%) e dois atrasados (2,4%), dos 85 previstos. No Aeroporto Internacional de Guarulhos (Cumbica), na Grande capital paulista, que também opera com ajuda de aparelhos, oito dos 99 vôos programados foram cancelados (8,1%) e seis atrasaram (6,1%). Ainda segundo a estatal, no Aeroporto de Brasília, dos 58 vôos previstos, seis foram cancelados (10,3%) e dois atrasaram (3,4%). Já no Aeroporto Tom Jobim (Galeão), no Rio, dos 73 vôos programados, nove foram suspensos (12,3%) e quatro sofreram atrasos superiores a 45 minutos (5,5%).

Tudo o que sabemos sobre:
aeroportosferiadãoTiradentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.