Movimento Passe Livre em SP bloqueia agora a Rebouças

Depois de provocar a interdição da Avenida Paulista na tarde desta quinta-feira, 19, o protesto realizado pelo Movimento Passe Livre (MPL) bloqueou no final da tarde um trecho da Avenida Rebouças. Segundo informação da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a Avenida Paulista foi liberado, mas os dois sentidos da Avenida Rebouças foram fechados pelo grupo de manifestantes, na altura da Avenida Brasil.

FLAVIO LEONEL, Agência Estado

19 de junho de 2014 | 17h40

A manifestação desta quinta-feira, de acordo com o MPL, relembra o aniversário de um ano da revogação dos reajustes nas tarifas de ônibus, trem e metrô em São Paulo, que foi influenciada pelas manifestações de junho de 2013. O protesto de hoje também insiste na busca pela gratuidade das passagens para a população.

No site do movimento, a programação do MPL traz a informação de que o intuito dos manifestantes é chegar até a Marginal Pinheiros. Lá, eles prometeram "construir uma festa" que represente o modelo do MPL de cidade: "pelo povo e para o povo".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.