MP denuncia motorista por morte de Arthur Sendas

O Ministério Público (MP) anunciou ontem (4) que ofereceu denúncia à 1ª Vara Criminal da Capital contra o motorista Roberto Costa Júnior, acusado de matar Arthur Antônio Sendas, ex-dono da rede varejista de supermercados Sendas. Para o MP, Costa agiu consciente e voluntariamente ao atirar contra o empresário na entrada de serviço do apartamento dele, no Leblon, zona sul do Rio, no último dia 20. Segundo o MP, o promotor de Justiça Marcos Kac considerou que o crime foi cometido por motivo fútil, pois o motorista teria pensando que seria demitido pelo empresário. Além de denunciá-lo por homicídio e porte ilegal de arma, o ministério pediu a decretação da prisão preventiva dele. Ao se apresentar à polícia, Costa Júnior, que trabalhava para um dos netos da vítima e é filho de um motorista da família, afirmou que o disparo foi acidental.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.