MP investiga prefeitos de MG por fraudes em licitações

O Ministério Público de Minas Gerais, em conjunto com a Receita Estadual e Polícias Militar e Civil, desencadearam hoje a Operação 40, em 29 municípios do Estado. O objetivo é o de cumprir 14 mandados de busca e apreensão relacionados a fraudes em licitações na compra de medicamentos. Segundo o procurador do Ministério Público, que está coordenando a operação, Evandro Delgado, já foram apreendidos diversos documentos, entre notas fiscais, de 14 empresas envolvidas na fraude. Servidores públicos e prefeitos desses municípios estão sendo investigados, segundo o promotor.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

03 de abril de 2008 | 10h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.