DENILTON DIAS/O TEMPO
DENILTON DIAS/O TEMPO

MP investiga se Andrea Neves recebe regalias na prisão

Detentas com curso superior de penitenciária assinam carta à direção com reclamações, como permissão a visitas

Leonardo Augusto, especial para o 'Estado', O Estado de S.Paulo

30 Maio 2017 | 20h13

BELO HORIZONTE - O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) vai apurar denúncia de que Andrea Neves, irmã do senador afastado Aécio Neves (PSDB), teria regalias no Complexo Penitenciário Estevão Pinto, na região leste da capital, onde está presa desde 18 de maio pela Operação Patmos, um desdobramento da Lava Jato. Andrea, conforme delação de um dos sócios da JBS, Joesley Batista, participou da negociação para entrega de R$ 2 milhões a Aécio.

A investigação sobre as supostas regalias terá como base carta enviada à direção do complexo por outras presas que, assim como Andrea, têm curso superior. Segundo as detentas, desde a chegada de Andrea outras internas passaram a ocupar celas conhecidas como "de castigo", em que é colocada quem comete algum tipo de infração disciplinar.

O advogado da irmã de Aécio, Marcelo Leonardo, nega que a cliente tenha regalias no complexo. "É uma presa comum tratada como presa comum em setor considerado adequado para ela", afirma. Andrea ainda teria recebido visita em prazo inferior ao normal para quem acaba de ser preso.

Segundo informações da Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) à época da prisão, Andrea "está em uma ala separada do pavilhão principal". A justificativa para o procedimento, ainda conforme a secretaria, é em razão do tipo de crime, das condições em que se deu a prisão e da repercussão do caso. Isso permite à Seap garantir a responsabilidade do Estado quanto à integridade física da detenta. Em relação a isso, há previsão legal na Lei de Execução Penal (LEP). A cela de Andrea mede 2,50 x 3 e tem cama de alvenaria, vaso sanitário e chuveiro. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.