MP vai analisar imagens de agressão na Av. Paulista

O Promotor da Vara da Infância e Juventude Tales Cezar de Oliveira requisitou as fitas com as imagens da agressão por cinco jovens - quatro adolescentes - na Avenida Paulista, em São Paulo, na manhã do último domingo. As cenas foram divulgadas ontem no SBT.

JULIA BAPTISTA, Agência Estado

19 de novembro de 2010 | 15h47

Em nota, o Ministério Público de São Paulo (MP-SP) diz que "adotará as medidas processuais e judiciais que o caso requer". Hoje à tarde a polícia deve ouvir o depoimento de um dos seguranças que presenciou o ataque contra dois dos três jovens.

Quatro menores, além de um quinto jovem maior de idade, são acusados de agredir com socos, pontapés e lâmpadas fluorescentes três rapazes na região da Avenida Paulista. A suspeita é de que as agressões foram motivadas pelo fato de as vítimas serem ou estarem acompanhadas de homossexuais, o que tipifica um crime de homofobia.

Os quatro menores vão responder em liberdade por ato infracional perante a Vara da Infância e da Juventude. O quinto acusado, de 19 anos, foi indiciado por lesão corporal gravíssima e formação de quadrilha. Ele está preso no 2º Departamento de Polícia, no bairro do Bom Retiro, na capital paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.