MPF denuncia 23 por contrabando

O Ministério Público Federal (MPF) em Minas Gerais denunciou à Justiça 23 pessoas acusadas de integrar uma quadrilha especializada em contrabando de madeira nobre brasileira, principalmente jacarandá extraído na Bahia. A madeira era exportada para países como EUA, Canadá e Japão com uso de notas fiscais fraudadas para passar por órgãos de fiscalização como se fossem outras espécies vegetais, como caviúna. Pelo esquema, descoberto em 2007, foram enviadas mais de 13 toneladas de madeira de lei brasileira para o exterior por meio de kits pelos correios, além de 33 toneladas despachadas pelo porto de Vitória.

O Estado de S.Paulo

18 Outubro 2011 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.