Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

MPL se emociona ao saber da redução da tarifa em SP

Os integrantes do Movimento Passe Livre choraram ao saber da notícia da redução do preço das tarifas em São Paulo. O MPL recebeu a notícia da redução da passagem de ônibus na cidade de São Paulo pelo Grupo Estado, que antecipou a informação, e correu para acompanhar a coletiva feita pelo prefeito Fernando Haddad e pelo governador Geraldo Alckmin no início da noite desta quarta-feira. O grupo viu a entrevista em frente a uma TV em um bar da Rua da Abolição, no centro da cidade, fazendo uma grande festa no lugar quando o anúncio foi oficializado: revogação do aumento das tarifas de ônibus, trem e metrô, que retornam de R$ 3, 20 para R$ 3,00 à 0h da segunda-feira, 24.

BRUNO RIBEIRO, Agência Estado

19 de junho de 2013 | 19h13

Sob forte emoção, e com integrantes em prantos, eles gritaram e disseram que o aumento revogado foi "o ultimo reajuste da cidade de são Paulo."

A manifestação marcada para esta quinta-feira, 20, a sétima desde o dia 6, será agora um ato de festa, disseram os integrantes do MPL. "Vamos manter o ato para comemorar e também em solidariedade às outras cidades que ainda querem a revogação do reajuste" , disse um dos integrantes do movimento, o estudante Caio Martins, de 19 anos.

Membros do movimento afirmaram que a luta não termina enquanto não houver um transporte de qualidade e gratuito na cidade. Pegos de surpresa com o anúncio desta noite, eles informaram que ainda vão avaliar como será sua atuação daqui para frente. O objetivo, no entanto, continua sendo a tarifa zero na capital paulista, disseram.

Tudo o que sabemos sobre:
protestosSPMPLreação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.