MPT: Falta de escoramento causou morte em Viracopos

A falta de escoramento em uma escavação foi a causa da morte do operário soterrado na manhã desta sexta-feira nas obras de ampliação do Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), segundo constatou o Ministério Público do Trabalho (MPT). O órgão confirmou o risco na obra e a irregularidade no início da tarde. Cleiton Nascimento Santos, 25, morreu após dar entrada no Hospital Municipal Dr. Mário Gatti, socorrido pelos Bombeiros.

SARAH BRITO, Agência Estado

22 de março de 2013 | 18h12

De acordo com informações da unidade médica, o trabalhador teve quatro paradas cardiorrespiratórias, chegou a ser reanimado no hospital, mas não resistiu. Um outro operário, o carpinteiro Weliton Santos Reis, também foi soterrado, mas teve escoriações leves na mão e foi atendido no ambulatório do aeroporto.

Segundo o procurador Alex Garbellini, houve falta de proteção coletiva na área do acidente e mais de 10 metros de terra - maior do que o permitido - caíram em cima dos operários, que estavam no fundo de uma rampa retirando manualmente o restante de solo, úmido por conta das chuvas dos últimos dias. Garbelini descartou a possibilidade de haver mais operários soterrados no local.

Todas as obras de ampliação do aeroporto foram paralisadas nesta sexta e os trabalhadores dispensados. No sábado (23), as obras devem ser retomadas e o ponto do acidente só será liberado quando o escoramento for feito.

Segundo o MPT, a empresa contratada pela concessionária Aeroportos Brasil Viracopos - responsável pelo aeroporto - para realizar a obra, o Consórcio Construtor de Viracopos, será passível de multa pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), que ainda apura o acidente. Em nota oficial divulgada no início da tarde, a concessionária informou que prestou imediato atendimento aos dois operários e que se solidariza com os familiares, a quem prestará a assistência necessária. A empresa também afirma que deu início ao processo de apuração das causas do acidente.

Tudo o que sabemos sobre:
morteoperárioViracoposatualiza

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.