MRS Logística tem projeto enquadrado para emissão de debêntures de infraestrutura

A MRS Logística teve projeto enquadrado como prioritário pelo Ministério dos Transportes para a emissão de debêntures de infraestrutura, segundo portaria publicada na edição desta quarta-feira do Diário Oficial da União.

REUTERS

19 Novembro 2014 | 08h48

O projeto prevê investimentos em infraestrutura ferroviária no trecho sob concessão da empresa em Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro, na Malha Sudeste, para revitalização da via e implantação de sistema de controle de trens.

A portaria entra em vigor a partir desta quarta-feira.

As debêntures de infraestrutura, também conhecidas como debêntures incentivadas, possuem incentivos fiscais e são usadas como fonte de financiamento de projetos.

A MRS Logística tem entre seus acionistas as siderúrgicas CSN, Gerdau e Usiminas, além da mineradora Vale.

(Por Priscila Jordão; Edição de Marcela Ayres)

Mais conteúdo sobre:
TRANSPORTES MRS DEBENTURES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.