MST inicia jornada pela reforma agrária em São Paulo

Segundo movimento, cerca de 650 sem-terra participam da mobilização; jornada durará quatro dias

AE, Agencia Estado

30 de março de 2009 | 12h32

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) começou nesta segunda-feira, 30, uma marcha em Santa Fé do Sul com destino a Jales, na região de São José do Rio Preto (SP), em defesa de reforma agrária. Segundo a organização da Marcha Regional por Justiça Social e Reforma Agrária Já, cerca de 650 sem-terra participam da mobilização. A jornada durará quatro dias e será encerrada com um ato em frente ao Fórum de Jales.

"O objetivo da marcha é denunciar à sociedade a morosidade e o descaso do poder público, em especial do Poder Judiciário, com a causa da reforma agrária. Vamos apresentar ao governo e à Justiça as reivindicações das 1.500 famílias acampadas na região", afirmou o diretor-regional do MST, Lourival Plácido de Paula.

Mais conteúdo sobre:
MSTmarchareforma agrária

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.