MST ocupa sede do Incra em Brasília

Um grupo de cerca de 300 pessoas do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-terra (MST) e de outras organizações do campo ocupou na manhã desta quinta-feira, 11, o andar térreo e o rol do prédio-sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em Brasília. Eles protestam contra a paralisação de políticas de reforma agrária no País.

RICARDO DELLA COLETTA, Agência Estado

11 de julho de 2013 | 10h56

Outras 400 pessoas, segundo estimativa da Polícia Militar do Distrito Federal, se concentram em frente à Catedral Metropolitana de Brasília. Fazem parte desse grupo sindicalistas ligados à Força Sindical e à Central Única dos Trabalhadores (CUT). O movimento integra o Dia Nacional de Lutas, que ocorre hoje e é organizado pelas centrais sindicais do País.

Mais conteúdo sobre:
protestosBrasíliaMSTIncra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.