MST se recusa a devolver área invadida em Iperó

Assentados do Movimento dos Sem-Terra não concordaram em devolver ao Ministério da Agricultura área invadida na década de 90, onde funcionava escola de formação de pilotos agrícolas em Iperó, na região de Sorocaba (SP). A área está sendo reivindicada judicialmente pelo ministério para a reativação da escola. Representantes do ministério chegaram a propor redução na área a ser retomada, mas os assentados e o Incra não aceitaram. O processo deve ir a julgamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.