MT eleva previsão de 2a safra de milho; tem recorde de 14,2 mi t

O Estado de Mato Grosso colherá um recorde de 14,235 milhões de toneladas de milho na segunda safra da temporada 2011/12, de acordo com estimativa divulgada nesta segunda-feira pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), órgão ligado aos produtores.

Reuters

16 de julho de 2012 | 17h43

A nova previsão significa um aumento de 8,5 por cento frente a projeção realizada um mês atrás. Na comparação com a temporada passada, a produção mais do que dobrará. Em 2010/11, houve uma quebra de safra por seca.

"A cultura do milho apresentou grande potencial produtivo nos 50,3 por cento colhidos até a segunda semana de julho, fato que condicionou a uma revisão no número de produção", disse o Imea em nota.

Desde o último levantamento, a produtividade das lavouras de milho mato-grossenses passou para 94 sacas por hectare, contra a estimativa anterior de 87 sacas por hectare.

Os dados confirmam a projeção de uma segunda safra recorde de milho no Estado.

Mato Grosso é o maior produtor de milho segunda safra no Brasil, seguido pelo Paraná, que deverá colher 10,32 milhões de toneladas, segundo estimativa do governo.

(Por Gustavo Bonato)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSMILHOMT*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.