Mudança climática faz 300 mil vítimas anuais, diz estudo

Cerca de 300 mil pessoas morrem todos os anos por causa de desastres relacionados às mudanças climáticas, segundo adverte um estudo do Fórum Humanitário Global, grupo liderado pelo ex-secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) Kofi Annan. A entidade avalia ainda que o aquecimento global afeta seriamente 325 milhões de pessoas e provoca US$ 125 bilhões em perdas econômicas todos os anos ao redor do mundo.

AE-AP, Agencia Estado

29 de maio de 2009 | 11h57

Annan afirma que as populações dos países mais pobres são as que mais sofrem com as mudanças climáticas. O estudo, divulgado hoje em Londres, foi elaborado a partir da análise de informações públicas sobre desastres naturais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.