Mulher afirma ter visto Madeleine no Marrocos

Mulher afirma estar '100% segura' de que a criança era a britânica desaparecida.

BBC Brasil, BBC

02 de novembro de 2007 | 08h05

Uma mulher contou ter visto no Marrocos a menina britânica Madeleine McCann, desaparecida em Portugal em maio passado.Na quinta-feira, Naoul Malhi, de origem marroquina, disse à imprensa britânica ter olhado no olho da menina e ter reconhecido a marca distinta de Madeleine, onde a íris se mistura com a pupila. A menina foi vista em agosto passado."Olhei no olho da menina e tive certeza de que era Madeleine. Não há dúvidas sobre a marca no olho dela", afirmou a mulher, que viu a criança na cidade de Fnidk, no norte do Marrocos, segundo o jornal Daily Mirror.Naoul Malhi disse ainda que o cabelo estava mais curto, e que a menina apresentava um machucado na testa.A criança estava acompanhada de uma mulher que, segundo a testemunha, tentou escondê-la. As duas seguiram num táxi. Malhi ainda tentou dividir o táxi com elas - uma prática aparentemente comum no Marrocos - mas a mulher recusou.Malhi afirma ter pego o cartão do motorista e ligado para saber aonde ele tinha levado as passageiras. O motorista disse ter deixado as duas no centro da cidade portuária de Hoceima."Desde que a vi não consigo tirá-la da cabeça. Estou desesperada para que alguém encontre a menina e a traga de volta para sua família", disse Malhi ao jornal britânico Daily Mirror.Naoul Malhi passou as informações para a polícia local e a polícia da Espanha, onde ela mora. A agência de detetive particular contratada pelo casal McCann para seguir pistas de Madeleine está investigando as pistas dadas por Malhi.O detetive particular Francisco Marco, da agência Método 3, disse estar convencido de que a menina está viva e afirmou que vai encontrá-la antes do fim do contrato com os McCann, que vence em cinco meses. Os detetives acreditam que ela tenha sido seqüestrada do hotel onde dormia, na Praia da Luz, em Portugal, e de lá levada para o porto espanhol de Tarifa, a 90 minutos.Da Espanha, Maddie teria sido levada de balsa para o Marrocos.Na quinta-feira, Gerry McCann, o pai de Madeleine, voltou ao trabalho no hospital Glenfield, em Leicester, argumentando que a família não espera mudanças repentinas nos próximos dias.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.