Mulher é assassinada em frente ao filho no Rio

Uma mulher de 32 anos foi morta na madrugada desta segunda-feira, 28, com três tiros na Cidade de Deus, zona oeste do Rio. A favela, internacionalmente conhecida em função do filme homônimo, recebeu uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) em fevereiro de 2009.

ADRIANO BARCELOS, Agência Estado

28 Outubro 2013 | 10h33

A mulher, Ana Lúcia Araújo Moraes, de 32 anos, foi baleada na frente de seu filho na porta de casa, na avenida Miguel Salazar Mendes de Moraes. Ela foi atendida pelos PMs da UPP, mas quando o socorro chegou Ana Lúcia já havia morrido.

A Divisão de Homicídios (DH) já iniciou as investigações e a perícia foi realizada no local.

Mais conteúdo sobre:
crime Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.