Mulher é atingida por bala perdida em morro do Rio

A secretária da Associação de Moradores do Morro do Andaraí (Zona Norte do Rio) Daniele Ribeiro, de 25 anos, foi ferida por uma bala perdida quando entregava correspondência para os moradores na manhã de hoje. Policiais e traficantes trocavam tiros desde a madrugada. De acordo com o 6º Batalhão de Polícia Militar, homens do Grupamento de Apoio Tático tentavam impedir que traficantes do Morro do Andaraí invadissem a favela Chácara do Céu e encerraram a operação assim que a secretária foi baleada.Atingida no abdômen, Daniele foi levada para o Hospital do Andaraí. De acordo com o hospital, a bala atravessou o corpo da secretária e não foi encontrada. Ela não corre risco de morte, mas ficará internada para realizar mais exames. No hospital, familiares e moradores do Morro do Andaraí reclamaram da ação policial. Moradora da favela, a secretária tem dois filhos.CargasA Polícia Civil prendeu três acusados de integrar a segunda maior quadrilha de roubo de cargas do Estado. Cinco homens foram surpreendidos quando tentavam roubar um caminhão de biscoitos, cuja carga foi avaliada em R$ 140 mil. Houve tiroteio e o motorista do caminhão ficou levemente ferido. Na fuga, dois ladrões se refugiaram em uma casa e chegaram a fazer os moradores reféns por duas horas, mas se entregaram. Um outro suspeito foi ferido por um tiro na perna e preso. Dois acusados escaparam.

PEDRO DANTAS, Agencia Estado

23 de outubro de 2007 | 17h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.