Mulher e criança são baleadas na favela Paraisópolis

Uma mulher e uma criança foram baleadas no fim da tarde de hoje durante um tiroteio entre três homens e policiais militares, na favela Paraisópolis, na zona sul de São Paulo. Segundo informações da Polícia Militar, três homens, que estavam em um Fox, foram abordados durante patrulhamento dos policiais. Os suspeitos fugiram, abandonando o carro próximo a um campo de futebol, e correram para dentro da favela, começando um tiroteio com os policiais.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

12 Julho 2009 | 20h52

Ao entrarem na comunidade, os policiais encontraram uma mulher e uma criança, provavelmente mãe e filho, baleados, próximo ao local do tiroteio. As vítimas foram levadas para o Hospital Albert Einstein e estão fora de perigo, segundo a polícia. Ninguém foi preso. Foram aprendidas duas armas, uma próximo à favela e outra dentro do veículo.

Mais conteúdo sobre:
violência SP Paraisópolis tiroteio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.