Mulher morre após ataque de cães

Senhora de 70 anos teve parte do couro cabeludo arrancada e ainda tinha mordidas no rosto, braços e pernas

Marcelo Portela, da Agência Estado,

19 de fevereiro de 2012 | 14h22

Uma mulher morreu após ser atacada pelos próprios cães em Belo Horizonte na madrugada deste domingo. Heloísa Maria Campolina Mourão, de 70 anos, foi encontrada pela própria filha nos fundos de casa, no bairro Bandeirantes, na região da Pampulha.

A Polícia Militar foi acionada no local pouco depois das 3h. Segundo a PM, a filha foi até a residência justamente para prender os cães, um deles da raça fila. Após prender os cachorros, a mulher encontrou a mãe no quintal.

A vítima teve parte do couro cabeludo arrancada e ainda tinha marcas de mordidas no rosto, nos braços e nas pernas. Ainda segundo a PM, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi até a residência, mas Heloísa já estava morta quando a equipe chegou.

Tudo o que sabemos sobre:
Morteataque de cãesBelo Horizonte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.