Mulher morre em Sorocaba após carro ser arrastado

A dona de casa Sandra Aparecida dos Santos, de 31 anos, morreu depois ter o carro arrastado pela enxurrada durante forte temporal que caiu no final da noite de sábado, em Votorantim, a 105 km de São Paulo. O veículo, dirigido pelo marido de Sandra, acabou caindo num córrego que havia transbordado. O rapaz tentou salvar a mulher, mas não conseguiu. O corpo foi resgatado na manhã de hoje pelo Corpo de Bombeiros. Sete homens trabalharam nas buscas. O carro foi retirado do córrego no início da tarde. A chuva causou também o transbordamento do rio Sorocaba.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

10 de março de 2013 | 14h20

Dezenas de casas foram inundadas nos bairros Fornazari e Barra Funda. Uma árvore caiu sobre a fiação na Vila Dominguinhos, deixando parte da região sem energia. Em Sorocaba, o rio transbordou e cobriu trechos da avenida Dom Aguirre. Na zona oeste, um motociclista tentou passar pela enxurrada que cobria a avenida e foi arrastado para um córrego. Um homem tentou ajudá-lo e também foi levado, mas os dois conseguiram agarrar-se no gradil da ponte e foram salvos pelos bombeiros, com ferimentos leves. Em cinco bairros, a água inundou moradias.

Tudo o que sabemos sobre:
morteenxurradachuva

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.