Mulher que matou filhos pega 18 anos de prisão no RS

A princípio, ela disse que família havia sido vítima de assaltantes, mas depois confessou o crime

Elder Ogliari, O Estado de S.Paulo

13 de maio de 2008 | 20h02

A dona de casa Iara Toledo Moraes, de 26 anos, foi condenada a 18 anos e quatro meses de prisão pelo homicídio duplamente qualificado de seus filhos, uma menina de 4 anos, e um bebê de seis meses, por um júri popular, nesta terça-feira, 13, em Passo Fundo, no noroeste do Rio Grande do Sul. O crime ocorreu em maio de 2006. Iara matou as duas crianças a facadas e depois tentou se suicidar. Quando chegou em casa, o marido a encontrou agonizando e levou-a para um hospital, onde ela se restabeleceu. Em seu primeiro depoimento, a dona de casa disse que ela e os filhos haviam sido vítimas de um assaltante. Depois confessou os assassinatos alegando que não agüentava mais as constantes brigas com o companheiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.