Mulher tenta impedir prisão de marido agressor em SP

Policiais de Sorocaba localizaram hoje, escondido em Peruíbe (SP), o mecânico Marcelo Batista Cardoso, de 31 anos, acusado de espancar brutalmente sua ex-mulher, Simone Rozires de Assis, de 31 anos, e a mãe dela, Maria de Lourdes Assis, de 68.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

21 de fevereiro de 2011 | 17h58

Cardoso estava com prisão decretada por tentativa de homicídio e era procurado desde o mês passado. Para surpresa dos policiais, ele estava escondido na casa de praia da própria vítima, na companhia da ex-mulher. Simone ainda tentou enganar os policiais para impedir a prisão do acusado.

As agressões ocorreram no dia 3 de janeiro porque o mecânico não aceitava a separação. Eles eram casados havia sete anos, mas estavam separados há três meses porque o marido proibia que a mulher trabalhasse fora de casa. Simone recebeu socos, pontapés e golpes com um cabo de vassoura. Sua mãe interveio e também foi agredida.

Quando as duas mulheres saíram para pedir ajuda, o acusado avançou com o carro sobre a calçada e as atropelou. As duas mulheres foram internadas com ferimentos no corpo e fraturas no tórax. O acusado prestou depoimento em Peruíbe e foi transferido para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Sorocaba. Ele responderá por dupla tentativa de homicídio.

Tudo o que sabemos sobre:
crimeviolênciaprisãoSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.