Mulheres são presas suspeitas de clonar cartões em MG

Duas mulheres foram presas ontem, em Minas Gerais, suspeitas de clonar cartões bancários e copiar senhas de clientes. Segundo informações da Polícia Militar de Minas Gerais, elas instalavam máquinas conhecidas como chupa-cabras em caixas eletrônicos. As mulheres são analistas de sistemas.

JOÃO PAULO CARVALHO, Agência Estado

13 de agosto de 2011 | 17h41

Com elas, a Polícia Federal (PF) apreendeu documentos, equipamentos eletrônicos, mais de R$ 10 mil em dinheiro e cartões bancários. Elas estavam sendo investigadas há quase um mês. Os equipamentos foram instalados nos caixas de autoatendimento. Microcâmeras também eram usadas para gravar as respectivas senhas. Os dados eram transmitidos via internet.

Tudo o que sabemos sobre:
prisãoclonagemcartões

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.